Inverno ao calor dos 5

Inverno 1º trimestre de 2016

O tempo foi passando na azenha e o Inverno trouxe novas paisagens para explorar:

Histórias para contar no quentinho e brincadeiras entre irmãos sob o olhar atento do Mickey.

Danças ao colinho e música no sofá:

E sonecas à lareira, aquecidos pelo Simba (e pelo Bambi, o próprio…):

Se realmente dormissem tão bem, como parece nestas fotos, (e tivéssemos visitado menos hospitais), este Inverno tinha sido bem maravilhoso.

Advertisements

Convívios bons

Na quinta trabalha-se muito, mas também se aproveita para usufruir.
Quando os amigos ou a família estão, é assim:

IMG_7334

Tarzans com lianas muito mal seguras…

IMG_7335

Verdadeiros Mowglis

IMG_7336

Exercício… Do Jack claro.

IMG_7053

IMG_7054

Ou simples dias de não fazer nada…

IMG_7341

IMG_7340

IMG_7342

Que sorriso mais bom nos ilumina 🙂

IMG_7343

E às vezes há música…

IMG_7344

E dança-se 🙂

IMG_7345

Pintam-se unhas…

IMG_8236

IMG_8237

E até os pequeninos têm visitas 🙂

IMG_8239

IMG_8240

IMG_8241

IMG_8242

IMG_8243

Encontros tão bons…

O dia da betoneira :)

O dia da betoneira (que não foi 1, mas 3 dias) foi extenuante. Mas divertido e compensador.

IMG_1891

Serviu para encher as pedras da entrada da azenha para que as ervas daninhas não lá cresçam constantemente.

 

IMG_1894

IMG_1909

Serviu para fazer a laje base de uma casinha para a lenha

IMG_1889

Mesmo ao lado da horta e da oficina

IMG_1890

Mas conseguiu-se ainda relaxar e brincar

 

IMG_1901

IMG_1895

Foi ainda tempo de continuar a longa e árdua tarefa de isolar o nosso anexo.
As janelas…

IMG_1881

IMG_1907

Por entre as pedras da parede…

IMG_1880

IMG_1883

Claro que há sempre quem só goste de ver trabalhar 🙂

IMG_1879

Mas também há grandes ajudantes:

IMG_1906

No final foi a nossa vez:

IMG_1904

Com a sensação de dever cumprido.
Mas também a saber que ainda temos muitos dias de betoneira pela frente 🙂

Bem-vindos


Aqui vamos partilhar o dia a dia da nossa azenha.
As nossas aventuras. Junto dos nossos animais, na nossa horta e com os nossos amigos.

Porque nesta pequena vida, tudo começa e acaba, estes diários iniciam-se com uma partida.
Um adeus à nossa Cinderela que nos deu 14 anos de carinho e que nos 2 anos em que reconstruímos esta azenha, fez parte do encantamento da paisagem, tornando-a ainda mais bela.

P1090532

Porque se o quisermos tudo continua, para nós a Cinderela continuará sempre a fazer parte da azenha.
No lugar onde adormeceu para sempre, plantámos uma cameleira que crescerá como a árvore da memória.
Não foi um fim. É até sempre Corujinha.

 
VOLTAR AO TOPO