A 1ª Festa dos nossos Bebés

Resolvemos celebrar a chegada próxima dos nossos gémeos com uma festinha de união com os amigos.

Não é fácil ter uma gravidez cheia de enjoos e fazer coisas bonitas, ou aliás, fazer coisas… sejam elas quais forem 😛

Mas lá dei o meu melhor, sendo que desta vez o papá não pode dar grande ajuda nos dias antes, porque estava muito ocupado com trabalho.

IMG_8563

O Jack aguarda os primeiros amigos:

IMG_8567

Roupinhas para derreter de ternura:
IMG_8570

IMG_8566

IMG_8568

O tema foram os amigos da floresta. Portanto pintei uns quantos para espalhar.

IMG_8696

IMG_8709

IMG_8695

Huuuummm, que papinhas deliciosas!!
O papá dedicou-se aos salgados:

Tábuas de queijos
Folhados de Seitan
Paté de Cogumelos e Avelãs
Houmous
Vegetais com Maionese de Alho e Ervas

IMG_8608

IMG_8606

IMG_8607

Eu tratei dos doces:

IMG_8609

IMG_8614

Mousse de Manga
Iogurte com recheios vários:
Muesli, Frutos Vermelhos, Compotas Caseiras
Chocolatinhos
Morangos com Chocolate e Coco

IMG_8612

IMG_8603

Os meus cupcakes de chocolate com cobertura de cheesecake e coco. Verde 🙂

IMG_8611

E o bolinho, com a minha primeira incursão pelo mundo dos bonequinhos em pasta de açucar.
A Cisca achou-os lindos 🙂
Faltou-lhe  a árvore e as outras mil coisas que eu planeio e depois não tenho tempo de fazer 😛

IMG_8613

E as bebidas:
Limonada caseirinha e groselha

IMG_8610
E os amigos foram chegando e tirando fotos com os papás:

IMG_7718

IMG_7719

IMG_8592

IMG_8593

IMG_8594

IMG_8595

IMG_8617

Tempo de comer e conviver:

IMG_8599

IMG_8598

IMG_8575

Alguns jogos:

Desejos para os Bebés
Previsões de Nascimento
Bingo das Prendas oferecidas aos papás

IMG_8564

IMG_8602

Este foi um dos preferidos:
De que tamanho é a barriga da mamã?

IMG_8600

IMG_8596

Todos tentaram acertar:

IMG_8588

IMG_8586

Mas só 1 conseguiu:
O meu irmão 🙂

IMG_8587

As prendinhas para os bebés acumularam-se:

IMG_8584

E foi uma diversão vê-las, com as gralhas Paula e Lígia a fazerem o bingo e a colocarem toda a gente em gargalhadas!

IMG_8583

IMG_8581

IMG_8580

IMG_8579

IMG_8576

IMG_8574

IMG_8573

Ena tantas prendas para os nossos bebés!

IMG_8571

Os nossos agradecimentos foram em forma de carrinho de bebé com um toque de alfazema.

IMG_7716

IMG_7717

IMG_8601

Apesar de tantos sustos nesta gravidez, dá para ver que com a ajuda dos amigos e a força do nosso amor, estamos muito felizes.

IMG_8622

IMG_8591

IMG_8623

E muito em breve… já estarão eles cá fora para celebrarem connosco.

 

 

Advertisements

Waiting for you

Ser mãe era um sonho desde sempre.
Tenho a sorte de ao longo da vida ter vindo sempre a cumprir os sonhos longínquos que um dia almejei.
Ter uma quintinha, viajar cantando Portugal pelo mundo, ter os melhores amigos que se pode ter, uma relação de amor, e agora o maior sonho de todos eles, ser mãe. E também aí a Natureza foi generosa comigo. Em vez de um esperado bebé, serei abençoada com dois meninos gémeos.
Como apesar de tudo, nada na minha vida se tem feito sem luta e algumas lágrimas, também a gravidez tem sido um desafio.
Durante mais de um mês, por alerta médico, vivemos na dúvida se um dos nossos meninos teria um síndrome cromossomático. Foi uma espera longa e angustiante em que tivemos de tomar duras decisões. Valeu-nos o inestimável apoio de todos os que partilham o nosso coração. Valeu-nos acreditar que seriamos capazes de amar incondicionalmente quem viesse, da forma que viesse.
Felizmente, os resultados dos exames foram negativos.
Mas o meu coração ficou ainda mais sensível a todas as mães cujos bebés vêm a ser especiais. A maior coragem e boa ventura para essas famílias e seus bebés é o meu maior desejo.
Porque os desafios não terminam, esse nosso mesmo menino terá de ser operado ao coraçãozinho quando nascer e eventualmente mais algumas vezes depois. Uma luta que começa tão demasiado cedo já para ele também…
Também o outro menino, soubemos há muito pouco, tem um pequeno percalço no coração, felizmente longe da gravidade do problema do irmão.
Sabemos que as operações serão muito complicadas, mas prendo-me sem reservas à certeza de que tudo vai correr bem.
Custa a conter lágrimas pensar que ao saírem do meu ventre ficarão sozinhos. Eles sem mim. Eu sem eles…
Mas é o que tenho de esperar para poderem ficar saudáveis e receber o melhor tratamento possível.
Por isso apesar de todos os medos, estou feliz.
Feliz cada vez que brinco com os movimentos deles na minha barriga.
Feliz cada vez que os embalo, abraçando ambos ainda no meu ventre.
Feliz cada vez que arrumo e desarrumo as suas roupinhas pequeninas.
Feliz cada vez que, passadas as provações que ainda vamos ter de passar, os imagino pequeninos em meu colo.
Em meu coração… são já enormes.
E a cada dia que passa, e até ao fim da vida, eu sou mais Mãe.

IMG_7722IMG_7896IMG_8868IMG_793711229964_897297933696676_7775980338863674265_n